domingo, 8 de abril de 2012

Entrevista com a Psicopedagoga Debora Corigliano


 Entrevista com a Psicopedagoga Debora Corigliano, autora do livro Orientando pais, educando filhos . Além de escritora e palestrante ela participa de vários programas de TV, sempre orientando pais a viverem em harmonia com seus filhos.


O que é e para que serve a Orientação Familiar ?
A Orientação Familiar é uma forma rápida e eficiente de ajudar as famílias que passam por vários tipos de dificuldades de convivência, comportamento e rendimento escolar de seus filhos. Ela atua diretamente na apresentação de novas posturas que facilitam a resolução dessas dificuldades.

Como acontece?
Geralmente os pais me procuram no consultório porque estão passando por dificuldades com seus filhos:

• Baixo rendimento escolar
• Desorganização
• Falta de concentração/atenção
• Falta de limites
• A escola solicitou uma avaliação psicopedagógica
• Dificuldades em fazer lição de casa
• Baixa auto estima da criança / adolescente
• Outras opções
Porém a expectativa gira em torno da criança. Os pais solicitam que algo seja mudado na vida do filho, para que a situação que motivou a consulta seja resolvida.

O atendimento é feito somente para a criança/adolescente?
É neste momento que a orientação familiar entra em cena, pois eu acredito que não adianta focar o atendimento só na criança.A família tem um papel importantíssimo neste tratamento.
Pesquisas comprovam que atendimentos voltados à família e não só a criança/adolescente apresentam resultados mais rápidos e eficazes. Quando a família se mobiliza em prol da criança/ adolescente as mudanças comportamentais fluem de forma que todas se sentem melhores nesta ação. Eu mesma tenho muitos casos que comprovam a eficácia do Orientação Familiar. Fui chamada certa vez para atendimento domiciliar, pois a criança estava com problemas de comportamento na escola e falta de limite em casa. Os pais não sabiam como lidar e a escola solicitava uma ajuda profissional. Realizei o atendimento semanal somente com os pais, por aproximadamente 3 meses e fiz uma visita á escola. Após este período, os pais comentaram comigo como o filho havia mudado e melhorado, e eu respondi que não havia atendido o filho, na verdade eu não o conhecia pessoalmente. A mudança e a melhora ocorreram nas atitudes dos pais que refletiram diretamente no filho, adequando seu comportamento.

Na prática como acontece?
O primeiro encontro com aproximadamente 1 hora é feito com os pais/responsáveis para conversarmos sobre o motivo da consulta, neste momento combinamos a ação seguinte: geralmente são 3 a 4 encontros com os pais (dependendo da idade da criança), 1 na escola (dependendo do caso) e 3 a 4 com a criança/adolescente. Esses encontros podem acontecer 1 ou 2 vezes por semana. A cada etapa um relatório é enviado aos pais.

Qual a importância da parceria com a escola?
Esta parceria é importantíssima, pois em muitos casos a criança apresenta dificuldades em aprendizagem e relacionamento que se manifestam nos ambientes que ela convive: família/escola. Desta forma um encontro com a professora se faz necessário para focar as dificuldades e entender a conduta da criança.

O atendimento é feito apenas através de conversa ou há alguma outra dinâmica?
Sim, o atendimento é repleto de estratégias para facilitar o vínculo entre criança/adolescente e psicopedagoga. Com os pais, ¨estudo de ações¨ , são feitos em conjunto e cada atendimento torna-se único e valioso.

Qual a duração do atendimento e como é finalizado?
Não existe um tempo determinado, pois casa caso é um caso. A cada período eu vou sinalizando a família sobre o processo, os resultados obtidos e o momento de alta.

A orientação familiar é indicada somente para famílias com problemas e dificuldades?
Não, a orientação familiar é indicada para pais que querem entender melhor casa fase que seu filho está e com isso agir com ponderação e harmonia para educá-lo com eficácia e segurança. Alguns pais me procuram, pois estão esperando o 2º filho e querem agir acertadamente durante a gravidez e após a chegada do bebê. Outros me procuram quando a família está passando por mudanças (casa, escola) ou por perda de alguém muito próximo, alguns querem orientação para escolher a 1ª escola e o processo de adaptação. Nesses casos a orientação familiar age de forma preventiva, colaborando para estruturação e harmonia familiar.

Qual a mensagem que você pode deixar para as famílias?
Minha mensagem é para que as famílias busquem ajuda e orientação, pois com esta ação, podem evitar problemas futuros maiores. A ação preventiva na orientação familiar é fundamental para educação e desenvolvimento dos filhos dentro de uma família estruturada e harmoniosa.

Como os pais podem entrar em contato com você?

Através do telefone: (19) 33857100 / (19) 33831173

E-mail: deboracorigliano@hotmail.com

Blog: www.orientandopaiseducandofilhos.blogspot.com








2 comentários:

Agrega Pais - Agregador de Links disse...

Olá, gostaria de lhe fazer um convite, porém, antes preciso tietar um pouco afinal seu site é maravilhoso Parabéns pelo trabalho! Seria um imenso prazer tê-lo em nosso site agregador de conteúdos Agrega Pais onde reunimos os melhores blogs direcionados para pais e mães do país. Aguardo você lá, teremos muita satisfação em divulgar seus links!

http://agregapais.com.br/

Debora Corigliano disse...

Obrigada pelo elogio. Estou a disposição. Vou conhecer o seu site.
Um abraço
Debora Corigliano